Home

15 de dez de 2011

Almir Surui pede “mais ação e menos discussão” para líderes internacionais

Almir Surui palestrando em Abu Dabhi " 
   
Cerca de mil pessoas de diversas partes do mundo presenciaram na tarde de ontem (13) à palestra do líder indígena Almir Surui no Eye On Earth Summit, que acontece desde o dia 12 em Abu Dabhi, nos Emirados Árabes. O chefe maior do povo indígena Surui discursou perante líderes ambientalistas de diferentes nacionalidades sobre a importância da proteção e conservação dos territórios indígenas e do meio ambiente no Brasil, utilizando como base a história do seu povo. Esse foi o 31º país que o indígena visita, desde que começou a divulgar e apresentar a cultura do seu povo para outros países.

“Os Suruis fazem uma importante gestão e utilização de suas florestas. É essencial destacarmos em eventos como esse os serviços que as florestas oferecem. Queremos contribuir na construção de um modelo de conservação para o mundo e mostrar que o que fazemos pode ser usado por outras aldeias e etnias no Brasil e em outras localidades”, explicou Almir em sua apresentação, que aconteceu horas depois da palestra do ex-presidente norte-americano Bill Clinton.

Almir Surui falou também sobre os atuais projetos que o seu povo vem desenvolvendo como o Carbono Surui, que tem o objetivo de preservar e conservar as florestas de seu território por meio da venda de créditos de carbono e por meio do reflorestamento. Outra atividade importante realizada atualmente também foi a formulação de um plano de gestão territorial para os próximos 50 anos. “Acredito que nós temos que fazer nosso futuro e não esperar por ele. Por isso pretendemos conservar e proteger a nossa floresta para que as próximas gerações possam desfrutar dela da mesma forma que aproveitamos hoje”, disse o líder à imprensa local após sua palestra.

Além de mostrar a história e os projetos do seu povo, o cacique Suruí criticou a postura das autoridades internacionais em importantes eventos internacionais como o de Abu Dabhi e o de Durbain, que acabou de sediar a COP-17. “Temos que aproveitar momentos como esse para pensar em soluções reais para o desenvolvimento sustentável do mundo. Não podemos ficar apenas discutindo, temos que agir também”, ressaltou.

O Eye On Earth Summit acontece até o dia 15 e tem o objetivo de reunir líderes mundiais para que sejam apresentados alguns dos maiores desafios enfrentados pelo planeta atualmente, no que diz respeito à sustentabilidade ambiental e social. Além disso pretende-se desenvolver uma Declaração, ao final do evento, com a assinatura de todos os participantes, que será apresentada no Rio + 20, em 2012. Espera-se que cerca de 1,2 mil pessoas passem pelo Abu Dabhi National Exhibition Centre (ADNEC) nesses dias.

Além das palestras, o local conta também com um salão que exibe exposições de diversos projetos internacionais, de empresas e Ongs, ligados à conservação do meio ambiente. Dentro do tema inovação, os Suruis ganharam um quiosque em que os visitantes podem conhecer um pouco melhor a história dos indígenas, por meio de vídeos e publicações.

Para mais informações sobre o evento acesse: www.eyeonearthsummit.org

Fonte: Frederico Schlottfeldt, direto de Abu Dabhi
Equipe de Conservação da Amazônia - Ecam

Nenhum comentário:

Postar um comentário